Sylvester Stallone finalmente pode dizer adeus a Rocky Balboa | Claquete.com
29 de novembro de 2018

Sylvester Stallone finalmente pode dizer adeus a Rocky Balboa

Roberto Sadovski

The Independent

Creed II (Warner Bros.) parece marcar o adeus definitivo a um dos personagens mais icônicos do cinema moderno. Em um vídeo gravado no último dia de filmagens do drama esportivo, um Stallone muito emotivo diz à equipe o quanto era importante para ele que o personagem, depois de sua aposentadoria, terminou tendo mais combustível para engrandecer sua história.

“Eu não poderia estar mais contente agora que me retiro porque minha história foi contada”, diz o astro. “Nesse momento eu vejo um novo mundo se abrindo com essa nova geração.” Sob aplausos, Stallone se dirigiu a Michael B. Jordan, que nos novos filmes interpreta o lutador Adonis Creed, ao passar o legado a ele: “Quando achei que havia terminado minha parte, esse jovem se apresentou e tudo mudou. A história evoluiu com novos conflitos, novas aventuras”.

Stallone criou o boxeador humilde que triunfa antes um campeão em Rocky, Um Lutador, de 1976. O filme entrou na disputa pelo Oscar como azarão e terminou com as estatuetas de melhor filme e direção (para John G. Avildsen), transformando Stallone em astro. Ele retomou o personagem em filmes lançados em 1979, 1982, 1985 e 1990. O sexto capítulo, Rocky Balboa, chegou aos cinemas em 2006 como um epílogo agridoce para o boxeador. Mas Sly terminaria por abraçá-lo mais uma vez em Creed (2015), e agora dá um adeus definitivo com Creed II – que a Warner lança no Brasil em 24 de janeiro.

Comentários

Preencha todos os campos corretamente e seja educado :-)

pesquise por filmes, atores, cinemas...

  • Estreias da semana
  • O Sol Também é uma Estrela

    O Sol Também é uma Estrela

  • Kardec

    Kardec

  • John Wick - Parabellum

    John Wick - Parabellum

  • UglyDolls

    UglyDolls

  • Os Papéis de Aspern

    Os Papéis de Aspern

  • A Espiã Vermelha

    A Espiã Vermelha

  • A Grande Dama do Cinema

    A Grande Dama do Cinema